Notícias

Conheça o diagnóstico gratuito do SUS para Hanseníase que já está disponível em todo país

O Brasil é o segundo país com maior número de pacientes com hanseníase. Ela é uma doença infectocontagiosa transmitida pelas secreções das vias aéreas superiores (tosse ou espirro) e também por gotas de saliva. Embora seja uma doença que inspire cuidados, a hanseníase tem cura e pode ser diagnosticada gratuitamente pelo SUS em todo o território brasileiro. Então, quer se informar um pouco mais sobre o que é, sintomas e tratamento da hanseníase? Leia o artigo abaixo!

O que é Hanseníase?

A hanseníase é uma enfermidade que se manifesta por todo corpo e, embora seja cutânea, também pode afetar o funcionamento de nervos, olhos e também outros órgãos. Anualmente, cerca de 30 mil brasileiros contraem a hanseníase.

Um fato bem interessante sobre a hanseníase é seu período de incubação. Nesse caso, ela possui uma média de 2 a 7 anos até os sinais e sintomas se manifestarem.

Sintomas da Hanseníase

Os sintomas causados pela hanseníase são variados e, muitas vezes, o paciente se confunde com outra enfermidade. Por isso, ao notar alguma das manifestações abaixo, procure um profissional médico para que possa realizar o diagnóstico correto.

  • Manchas na pele de tonalidade parda, esbranquiçadas ou eritematosas;
  • Dormências em partes do corpo ocasionada pelo comprometimento da enervação;
  • Implicação dos nervos periféricos;
  • Caroços ou inchaços em parte frios do corpo, como cotovelos, mãos e orelhas;
  • Modificação da musculatura esquelética, principalmente a das mãos;

Diagnóstico da Hanseníase

Por meio do aparecimento de sinais e sintomas, o profissional de saúde irá classificar a hanseníase em paucibacilar ou multibacilar. A forma paucibacilar é classificada como a forma mais branda da hanseníase. Já a forma multibacilar é considerada o estágio mais avançado.

Quando o paciente possui a hanseníase paucibacilar, ela não é capaz de transmitir a doença para outra pessoa, pois não tem quantidade de bacilos suficientes. O tratamento nesse caso é de um período de seis meses. Já a hanseníase multibacilar é capaz de transmitir para pessoas que tenha contato e o tratamento é mais longo, algo em torno de 12 meses.

Tratamento da Hanseníase pelo SUS

No Brasil, o tratamento da hanseníase pode ser feito gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), por meio de unidades básicas de saúde e em referência.

O tratamento dessa enfermidade é feito com um medicamento chamado Poliquimioterapia (PQT), que consiste em uma conjunção de antimicrobianos. Aliás, esse medicamento é recomendado pela Organização Mundial de Saúde para tratamento da hanseníase. Essa associação de antimicrobianos reduz a resistência do bacilo, que acontece com determinada frequência quando o paciente administra somente um medicamento.

Durante o tratamento, a primeira dose mensal é inspecionada pelo profissional de saúde que irá lhe acompanhar durante todo o tratamento. Mas, as demais doses são auto administradas. É importante ter em mente que no começo do tratamento a doença já deixa de ser propagada.

O tratamento de crianças com esta doença consiste em dosagens de medicamentos que são estabelecidas mediante o peso e idade.