Notícias

Primeira cirurgia para curar a diabetes é feita pelo SUS no Brasil

A diabetes é uma doença determinada pelo aumento dos níveis de glicose no sangue. Quando não tratada, a diabetes pode acarretar diversos sintomas graves, como amputação de membros. Mas, atualmente, existe uma cirurgia pelo SUS para curar diabetes, quer saber como fazer? Leia o artigo abaixo.

Diabetes

A diabetes é uma síndrome metabólica ocasionada pela incapacidade de atuação da insulina ou da falta dela. Existem duas categorias de diabetes: tipo 1 e tipo 2. Na tipo 1, o paciente já nasce com a condição devido a modificações na região do pâncreas. Já a diabetes tipo 2, o paciente contrai por ser predisposto e também por ter diabetes.

De acordo com Ministério da Saúde, atualmente o Brasil é o quarto país com maior quantidade de diabéticos no mundo. Em números, isso corresponde a 12,5 milhões de pessoas afetadas, o que equivale a 7% dos brasileiros.

Para evitar o aparecimento da diabetes e, consequentemente, não passar por uma cirurgia desse tipo, os pacientes com histórico familiar de diabetes devem:

  • Se exercitar regularmente
  • Regular a pressão arterial
  • Manter o peso adequado
  • Evitar fumar
  • Evitar remédios que possam prejudicar o funcionamento do pâncreas

Primeira Cirurgia do Brasil pelo SUS para curar diabetes

A primeira cirurgia em território brasileiro pelo Sistema Único de Saúde para curar diabetes foi realizada no Hospital Regional da Asa Norte, em Brasília, Distrito Federal. Na ocasião, trata-se de um tipo de cirurgia bariátrica de redução do estômago que é considerada como uma terapia de tratamento da diabetes mellitus tipos pelo Conselho Federal de Medicina.

O procedimento cirúrgico é capaz de ativar a produção de uma enzima que age na regulagem do açúcar no sangue. Portanto, um procedimento indicado para pacientes com diabetes remitente, cujo não responde aos medicamentos mais indicados para o tratamento da diabetes.

O paciente que passou pela primeira cirurgia não respondia ao tratamento clínico contra a diabetes. A doença continuava evoluindo e poderia provocar a cegueira.

De acordo com Renato Teixeira, cirurgião responsável pelo procedimento, a cirurgia é eficiente para o diabetes e também muito segura. Ainda de acordo com ele, também é possível evitar sequelas, infarto, mortes e também reduzir o custo dos remédios que os portadores de diabetes utilizam ao decorrer da vida.

O procedimento cirúrgico foi transmitido em tempo real para profissionais de saúde, visitantes e autoridades no auditório do hospital.

Como é feita a cirurgia para curar diabetes

A cirurgia para curar diabetes é considerada pouco invasiva. No procedimento, o profissional corta o estômago em duas partes. Logo depois, o intestino é dissociado em forma de Y e uma dessas partes é ligado ao estômago. Com isso, todo alimento consumido é destinado para mais perto do término do intestino. Atualmente, existem cerca de 2,5 mil pessoas na fila de cirurgia para curar a diabetes.

Benefícios da cirurgia para curar diabetes

A cirurgia para curar diabetes realizado pelo SUS é recheada de vantagens para os portadores da diabetes. Os principais benefícios derivados deste procedimento cirúrgico são:

  • Aumento da qualidade de vida e reinserção na vida social saudável.
  • Controle dos níveis de glicemia;
  • Redução importante da mortalidade, cegueira, doenças renais e amputações;
  • Retirada dos medicamentos, incluindo insulina;
  • Diminuição nas despesas do SUS